© 2017 por Kikuti

Sânscrito, a língua dos deuses

Introduzido na Índia pelos arianos, indo-europeus originários das estepes da Ásia Central, o sânscrito é uma das línguas mais antigas que conhecemos e tem parentesco com a maioria das línguas ocidentais, visto que parte considerável dos arianos migrou para o oeste e ocupou a Europa. 

 

O nome sânscrito, cujo significado é "refinado", reflete a extrema sofisticação dessa língua, à qual apenas uma pequena parte da elite indiana tinha acesso. Hoje, o sânscrito cedeu lugar a várias línguas vernáculas, como o hindi, o nepali e o bengali. Acredita-se que o sânscrito nos põe em contato direto com os deuses, razão pela qual é também chamado de devabhāṣā (língua dos deuses) e até hoje é a língua usada nos ritos e textos sagrados. Por isso, apesar de ser uma língua morta, seu aprendizado é essencial para quem estuda o hinduísmo e o budismo.

Mesmo não sendo possível estimarmos sua idade, sabemos que o sânscrito foi a língua usada para a composição do Rig Veda, o texto mais antigo da literatura hindu, entre 1700 e 1100 a.C. A escrita surgiu na Índia somente no século V a.C., época em que sua gramática foi sistematizada e registrada por Pāṇini.

O sânscrito usa a escrita devanāgarī, que é totalmente diferente das letras usadas no português e o alfabeto compõe-se de 47 letras, sendo 14 vogais e 33 consoantes, além de 2 sinais.

Por ser uma língua sintética, usa poucas palavras para expressar muita coisa e não possui artigos ou preposições.     Em seu lugar, utiliza nada menos do que 7 declinações. Além disso, lança mão de ajustes eufônicos para harmonizar os sons, desfazer rupturas e tornar a língua auspiciosa.

 

A YoumindYoga está oferecendo um Curso de Sânscrito online e gratuito. A primeira aula será disponibilizada a todos os interessados no dia 13/jun e, a partir de então, serão publicadas duas aulas semanais, que poderão ser assistidas quando e onde for mais conveniente para o aluno. As aulas serão ministradas por Cláudio Lasas, professor de yoga e meditação, que estudo sânscrito na Universidade de São Paulo. O objetivo do curso é capacitar o aluno a ler, escrever e traduzir textos do sânscrito para o português.

 

Namaste!